4 de novembro de 2012

Gonzaga- De Pai Para Filho,trama real que mostra como um dom pode transformar a vida




O cinema nacional emociona mais uma vez, pelas mãos do diretor Breno Silveira (Dois Filhos de Francisco), ao narrar à história de vida de um dos maiores cantores e músicos nacionais: Luiz Gonzaga. O sucesso na carreira, os altos e baixos e a delicada relação com seu filho, o também cantor Gonzaguinha. O filme estreia no dia 26 de outubro nos cinemas de todo Brasil.


O longa inicia nas lembranças de Gonzaguinha, pareado  ao final de um show e a imprensa pergunta sobre a influência de seu pai, Luiz Gonzaga, deixando-o um tanto constrangido e irritado. A partir daí, começa toda a narrativa da história. A pedido de Helena, última mulher de Gonzaga, Gonzaguinha vai a Exu, Pernambuco, para conversar com o pai. Logo percebemos a relação um tanto seca e distante dos dois. Depois de uma discussão mais acalorada, Luiz Gonzaga sai com o filho pelo Sertão para lhe contar como tudo começou.

Então o filme é tomado por flashbacks que contam desde a infância pobre e difícil, até a adolescência, sua primeira paixão, Nezinha (Cecília Dassi) e como Gonzaga tornou-se um músico tão aclamado e respeitado. A valorização de suas origens e terra natal   foram necessárias para uma carreira bem sucedida.

DivulgaçãoDivulgação
Característica marcante do cantor, ele queria estar com o povo, levar a sua música, a sua raiz para aquela gente. Em várias cenas Gonzaga retrata a alegria de cantar em lugares abertos, para o grande público, onde todas as pessoas, principalmente as mais humildes pudessem ouvi-lo. As músicas são um caso a parte. O diretor sobe explorar o momento das canções mais marcantes do rei do baião. Desde do primeiro e cômico sucesso, até músicas que narravam os momentos especiais de sua vida.


 E o grande clássico que virou o hino do Nordeste, Asa Branca. Sem contar as belas canções de seu filho, Gonzaguinha, que estão presentes em algumas cenas. Para diferenciar os estilos musicais de pai e filho. O cantor Gilberto Gil também participa da trilha sonora.

Em meio a uma história de vida emocionante que fala de superação, sonhos, amores e dramas pessoais, nos deparamos com a relação familiar de pai e filho quer era conturbada. Breno Silveira soube explorar os dois lados da moeda. Tanto o sentimento de Gonzaguinha de abandono de seu pai, até a culpa do pai pelo abandono, devido à carreira que estava no auge, e sua preocupação com os ganhos financeiros.Os amigos de Gonzaga, interpretados pelos atores Luciano Quirino e Silvia Buarque, foram de grande importância na vida de Gonzaguinha, pois eles que criaram o menino.


O elenco é fantástico. Os protagonistas estão parecidíssimos com os personagens reais e todos os atores têm o seu mérito. Tanto Land Vieira que interpretou Gonzaga na adolescência.Nivaldo Expedito de Carvalho na fase adulta, e Adélio Lima na maturidade. O ator Júlio Andrade, que interpreta Gonzaguinha na fase adulta, está igual ao cantor. A primeira mulher de Gonzaga, a atriz Nanda Costa, está muito sensual e tem todo charme que completa a boemia carioca da década de 60.


O filme em nenhum momento fica cansativo e em contrapartida com as cenas, estão fotos, diálogos e show reais. O que é bem válido, pois pode ser feita a comparação com o real e o imaginário na mesma cena. O alívio cômico fica por conta dos personagens secundários, como o ótimo ator João Miguel em uma pequena participação. E pelas situações vivenciadas pelo próprio Gonzaga como a escolha dos seus novos músicos, depois do incidente com sua banda.

“Gonzaga de Pai para Filho” é a história de vida de uma grande personalidade brasileira. Uma trama real que mostra como um dom pode transformar a vida de uma pessoa e como a alegria de sua música e suas raízes pode ser tão forte num país com estilos musicais tão diversificados. Gonzaga simplesmente acreditou na sua música e nas sua força interior e origens, por isso se tornou esse grande e importante artista nacional.

Avaliação: Ótimo 

Trailer:




Postado por Jorge André Pereira, parceiro e convidado do Coffee and Movies. Você pode encontrar Jorge Andre através do seu blog pessoal(Aqui).



1 comentários:

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...