17 de dezembro de 2012

Drama com forte contexto histórico marca o filme dirigido por Angelina Jolie



O filme “Na Terra de Sangue e Mel” (In the Land of Blood and Honey) é escrito e dirigido por Angelina Jolie. O longa conta uma história de amor em meio a terrível Guerra da Bósnia. Apesar do tema pouco explorado e das boas atuações, o filme é arrastado e bem complexo.

Ambientado na Guerra da Bósnia, combate que arrasou e dividiu a região dos Bálcãs nos anos 90 e “Na Terra de Sangue e Mel” narra a história de Danijel (Goran Kostic) e Ajla (Zana Marjanovic), duas pessoas em lados opostos de um brutal conflito étnico. Danijel, um militar Sérvio, e Ajla, uma prisioneira da Bósnia confinada em um campo de prisioneiros. O casal se conheceu e se apaixonou antes do conflito. 

O filme explora o sofrimento do povo da Bósnia, em meio à crueldade dos soldados sérvios, em cenas violentas e realmente tristes. Toda a angústia e os sofrimentos dos personagens são retratados na tela de maneira realista. É interessante observar o jogo de câmera que Jolie usou nas sequências. Como, por exemplo, a sombra dos atores na parede e as cenas em câmera lenta para representar o sentimento das pessoas.



Apesar de Jolie destacar que o filme não tem o intuito de ser político, e sim uma história de amor, o longa explora um relacionamento que parece frio para o público. Afinal, os protagonistas se conhecem em uma pub, ficam juntos e depois se encontram na guerra, e o pior, em situações opostas. A impressão que é passada ao espectador é que ele (Danijel) realmente tem uma atração por ela (Ajla), e ela está ali para não ser a próxima vítima dos bárbaros. É um amor meio esquisito, principalmente por parte do rapaz, que misturava o seu sentimento com seus valores e ideais vindos de seu pai, um general com um cargo alto.

O desfecho do longa é  bem dramático e pode não agradar a todos. Apesar do filme não ter nenhuma surpresa e apenas narrar a guerra, vale assisti-lo para entender melhor o horror que foi este período da história da Bósnia, principalmente para as mulheres. 


Para uma noção do tamanho do conflito: “O número de mortos após a guerra foi inicialmente estimado em cerca de 200.000 pelo governo bósnio. Também registrou-se cerca de 1.326.000 refugiados e exilados”. Este é apenas um dos dados computados. Para quem gosta de filmes históricos vai gostar de “Na Terra de Sangue e Mel”.


Avaliação: Regular









Postado por Jorge André Pereira, parceiro e convidado do Coffee and Movies. Você pode encontrar Jorge Andre através do seu blog pessoal(Aqui).

2 comentários:

  1. Estou curiosa para ver Jolie, dessa vez por trás das câmeras. Ela é uma ótima atriz, mas escrever e dirigir um filme é algo bem diferente. Fiquei curiosa. Boa dica!
    Beijos!

    Camila - Meu Livro Cor-de-Rosa
    http://meulivrocorderosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Jorge adorei sua crítica estou super curiosa para ver o filme apesar de tudo.

    ResponderExcluir

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...