7 de dezembro de 2012

O divertido "A Escolha Perfeita" vai conquistar você!

Para quem gosta de filmes musicais, vem aí um longa bonitinho, engraçadinho e bem feitinho para alegrar sua tarde


Na onde dos musicais alegres inspirados em Glee, surge um filme que segue a mesma linha. A Escolha Perfeita, que estreia hoje no Brasil, conta a história de Beca, uma rebelde caloura que sonha em ser DJ, mas acabou de começar a estudar na universidade Barden, onde seu pai divorciado dá aulas. 

Anna Kendrick, da saga Crepúsculo, encarna a personagem, que faz aquele típico modelo: bonita mas rabugenta. Com maquiagem pesada, vários brincos nas orelhas, roupas escuras, e um estágio na estação de rádio da universidade, ela não é exatamente o tipo de garota que faz sucesso no campus. 

O que bomba na universidade são os corais a capela, grupos musicais que se apresentam sem a utilização de instrumentos. Toda a música é feita com a boca dos integrantes. O longa acompanha o ano letivo de Beca, mas principalmente acompanha as etapas de uma competição de corais. São as sectional e regionals do Glee, sabe? 

No final do ano anterior, na final nacional de corais a capela, as Belas de Barden foram humilhantemente esmagas pelos eternos campeões da nova geração: um grupo formado somente pro garotos da mesma Universidade Barden. Para tentar voltar às finais e mudar as coisas, elas precisam recrutar novas meninas que sejam bonitas, refinadas e saibam “combinar notas”. Esse combinar notas aí deu o nome original ao filme: Pitch Perfect, que significa algo como tom perfeito, ou nota perfeita. Isso porque a ideia principal do grupo é que uma garota cante uma nota e as outras todas saibam acompanha-la, cantando a mesma nota.

É claro que as poucas garotas que continuaram no grupo depois da terrível desclassificação enfrentam uma grande dificuldade para encontrar novos membros. Ou as meninas são muito gordas, ou muito sensuais, ou muito lésbicas, ou muito rebeldes, como Beca. Mas a situação está tão complicada que elas não estão em posição de negar cantoras. Mesmo achando bobagem de primeira, Beca acaba concordando em fazer uma audição para se juntar ao grupo.


Paralelamente, consegue um estágio na rádio da universidade, com um outro aluno e cantor no grupo rival às Belas. Obviamente, de acordo com regras dos corais, eles não podem ficar juntos. Ou não devem. Entre brigas amorosas, reuniões familiares e descobertas de amizade, Beca passa pelas mais loucas situações durante um ano, sempre tentando fazer sua personalidade aparecer. 

Apesar de meio pequeno, o musical que não custou tão caro assim, já vem rendendo bons frutos, principalmente pela qualidade com que o filme foi feito. A Escolha Perfeita apresenta um roteiro consistente e divertido, cheio de piadas, músicas da moda, e tiradas inteligentes. 

A líder do grupo das Belas odeia tanto o que aconteceu na última final, e odeia tanto os concorrentes bonitões que faz de tudo para conseguir voltar ao campeonato, mas sem mudar a ideia original do conjunto. Isso, é claro, não dá certo, porque as meninas, mesmo com uma formação diferente (com gordinhas, asiáticas, etc...), continuam apresentando, toda santa vez, a mesma música antiga que ninguém mais aguenta ouvir! Chega a ser ridículo como ela parece se fazer de burra e todo mundo deixa! Infelizmente, ela não é dura o suficiente para ser uma vilã. Isso sim seria um super reviravolta típico de Glee

De todo modo, quem curte musicais vai adorar essa comédia adolescene açucarada. Digo isso com certeza porque o longa é básico. Traz apenas elementos fundamentais que todo diretor e roteirista sabem que funcionam, e isso exclui coisas grosseiras. Prefiro mil vezes esse tipo de história, que garante seu humor nos diálogos e nas situações, e não em cenas bizarras envolvendo álcool e sexo. Aprovado! 


PS.: O filme foi produzido pela linda Elizabeth Banks, que faz uma participação como a narradora e apresentadora das etapas da competição de corais a capela.


3 comentários:

  1. Adorei! Quero ver :)
    Já vou mandar o trailer para minha amiga.

    ResponderExcluir
  2. São poucos os musicais que eu gosto. D: Mas quero dar uma chance para esse. sahuasuhas Parece divertido.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da resenha e eu realmente adorei esse filme quando o vi sexta-feira passada. Fui com meus amigos, então achei o programa perfeito para uma tarde já que combina vários elementos que todo mundo adora! Beijinhos, StarGirlie.

    www.babistargirlie.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...