17 de janeiro de 2013

Sinta o gostinho da Vingança


E aí pessoal, tudo bem??

Hoje vim falar pra você sobre uma série muito legal que eu comecei a assistir com os meus pais (isso mesmo, com os meus pais). Ela se chama Revenge e já está na segunda temporada. Eu ouvi falar dessa série quando ela estava para começar, e prestei atenção mais na atriz principal, a Emily VanCamp, que também fez aquela série velinha Everwood, já ouviram falar? Bem, um dia eu conto sobre Everwood pra vocês. De qualquer forma, soube que iria ser lançada, mas não fui atrás de assistir.


Eis que, chegou dezembro e eu entrei de férias. Continuei trabalhando normalmente, mas só no período da tarde. Como eu não precisava ir dormir cedo nunca, queria começar a assistir uma série nova, mas que já tivesse pelo menos uma temporada lançada, pra poder assistir vários episódios por dia, sabe? Alguns dias antes, estava navegando no meu Netflix, que por si só merece um post só sobre ele, e vi que várias séries legais tinham sido adicionadas ao catálogo, como Teen Wolf, Gossip Girl, e essa Revenge. Tem umas novelas legais também hahaha depois falo sobre esses lançamentos pra vocês. Enfim, entrei no Netflix com o meu irmão qualquer tarde daquelas depois do Natal (tive recesso no trabalho) e começamos a procurar alguma coisa interessante. Não sei porquê, sugeri a Revenge. Ele também me disse que já tinha ouvido falar, então decidimos tentar. No meio do primeiro episódio, meus pais chegaram em casa e se enfiaram na sala pra saber o que estávamos assistindo. E acabou que a série chamou a atenção deles também! Haha na noite daquele dia eles quiseram assistir o primeiro episódio inteiro não paramos mais. Meu irmão foi fazer mala pra viajar e já ficou de fora da maratona.

Agora, por que será que essa série chamou tanto a atenção dos meus pais? Inicialmente, eles acharam interessante porque o meu irmão contou que leu na internet alguém dizendo que essa série inspirou o João Emanuel Carneiro, autor de Avenida Brasil, no processo de criação da trama Nina/Rita/Carminha. Mas já no primeiro episódio eles viram que as coisas ali seriam muito melhores!

Revenge conta a história da jovem Amanda Clarke. Quando Amanda era criança, era muito apegada ao pai, com quem vivia e foi passar um verão numa bela casa em uma das praias dos Hamptons (zona balnear do estado de Nova York, para onde os ricos de Manhattan vão durante o quente verão americano). Quando tudo ia muito bem, o pai da menina foi preso, acusado injustamente de ser o responsável pela queda de um avião que matou muitas pessoas. Julgado e condenado, David Clarke morreu anos depois, ainda na prisão. A pequena Amanda foi arrancada de casa, do pai e do cachorro Sammy e internada numa instituição para crianças órfãs. Depois de muito contestar a prisão do pai e se rebelar para tentar vê-lo, Amanda foi convencida de que ele era culpado, e passou então a odiá-lo. Ela viveu o resto da infância e a adolescência na detenção juvenil, e se tornou uma jovem ressentida, amarga e violenta.

Ao completar 18 anos, Amanda foi solta e recebeu a herança do pai, junto com uma caixa contendo informações, diários e muitos detalhes que atestavam a inocência de David, mas não provavam nada. O pai da garota montou essa caixa para contar a ela a verdade sobre o que aconteceu, e sobre como ele foi incriminado por vários membros da rica sociedade dos Hamptons. Entre tantas informações, Amanda traça um mapa de ações para se vingar de todas as pessoas que arruinaram a vida do pai e a dela mesma, que foi privada de todos os prazeres infantis que qualquer criança merece.


Agora, Amanda está de volta aos Hamptons. Usando o nome Emily Thorne, ela se muda para a mesma casa da praia onde cresceu, e passa a observar de perto Victoria e Conrad Grayson. Além de serem o casal 20 da região, terem dois filhos lindos e saudáveis, e ostentarem um estilo de vida de realeza, os Graysons são os verdadeiros responsáveis pela queda daquele avião, e os líderes da tal sociedade rica. Eles usaram todos os poderes de persuasão que o dinheiro oferece para comprar a lealdade de várias peças necessárias para incriminar David Clarke pelos erros cometidos por Conrad. Durante todo o tempo em que fez um planejamento de vingança, Amanda estudou tudo o que aconteceu naquela época e se preparou para derrubar todos eles, um por um.

Comparada com Avenida Brasil, realmente a série tem muitas coisas em comum, mas fica meio difícil desmerecer uma diante da outra. Em Revenge, uma porção de pessoas sabe o que realmente aconteceu lá atrás, enquanto em Avenida Brasil, só alguns poucos realmente sabiam de tudo. Na verdade, se eu me lembro bem, as únicas pessoas que sabiam que tudo, tuuuudo mesmo, eram a Mãe Lucinda e o Nilo. Por não ser uma série diária, Revenge tem a vantagem de trazer uma trama muito mais dinâmica e esperta, contrário daquele fator muito negativo de todas as novelas: a enrolação. Amanda/Emily é inteligente, determinada e não tão apaixonada quanto Nina. Mas Victoria também não é tão cruel e assassina quanto Carminha, e não tem um amante capanga chamado Marxwell haha

De todo modo, as semelhanças aparecem ao longo da história sim, mas o interessante é ver como o sentimento de vingança é o mesmo em qualquer parte do mundo, entre ricos e pobres, entre homens e mulheres. Desde o começo a Amanda/Emily explicam que essa não é uma história feliz, sobre superação e perdão, e sim sobre vingança. Mesmo com tudo o que o pai contou a ela, sobre como ele foi injustiçado, ele diz que, apesar de não ter tido a chance de esquecer o que aquelas pessoas fizeram a ele, ela teria a escolha de perdoar, e ele esperava que ela o fizesse. Ela, no entanto, prefere seguir o caminho das pedras, e buscar justiça.

Estou no episódio 17 da primeira temporada e já estou amando MUITO! Desde o começo eu amei. Revenge é o tipo de série que te prende e te faz pensar nas possibilidades. É sexy, bonita, e venenosa. As atuações são, em grande maioria, impecáveis, e quase todos os personagens principais são falsos e manipuladores, enquanto outros são ocos, burros e inocentes. O que eu estou amando do fundo do coração, além das roupas maravilhoooosas e das casas e da vida de gente rica que todo mundo, é que o enredo de Revenge não é nem um pouco previsível, e isso é sensacional! A cada episódio eu me surpreendo mais e mais e me envolvo completamente pela causa da pobre menina rica que quer se vingar das pessoas que a expulsaram dos Hamptons. Mas, ao contrário do que vimos nos últimos capítulos de Avenida Brasil, a personagem principal não esquece de sua vingança nem por um segundo e, mesmo com pequenos desvios, não perde o foco. Ela, principalmente, não tem a menor compaixão por quase ninguém. Então meus caros, não se iludam, essa não é uma história sobre perdão.


Revenge foi criada por Mike Kelley e é estrelada por Madeleine Stowe ao lado de Emily VanCamp. Ganhou a primeira temporada completa depois de obter altos índices de audiência com o episódio Piloto. A série da ABC foi indicada ao People's Choice Awards como Melhor Nova Série de Drama Favorita e atualmente vai ao ar em 39 países em todo o mundo. Como assisto pelo Netflix, não sei se passa aqui no Brasil. Revenge é a série de maior audiência da emissora americana desde a temporada de 2006 de Lost. Sucesso total.


1 comentários:

  1. Oi Luísa, também comecei a assistir Revenge e amei! Na realidade assisti a série ano passado mas daí teve aquela época de Hiatos e daí não voltei para assistir de novo mas eu vou!

    Seu post ficou muito legal! Bjos

    ResponderExcluir

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...