21 de fevereiro de 2013

Duro de Matar – Um Bom Dia para Morrer: é repleto de muitos tiros, explosões e muita destruição



O novo filme do diretor John Moore traz de volta as telonas o herói John McClane, interpretado por Bruce Willis. O personagem faz jus ao nome “Duro de Matar” e está mais invencível nesta quinta parte da franquia. O longa é repleto de muitos tiros, explosões e muita destruição. 

A história mostra o policial John (Bruce Willis) viajando para a Rússia para resgatar seu filho Jack (Jai Courtney), que é mantido prisioneiro. Juntos, os dois terão que enfrentar um poderoso líder russo (Sebastian Koch), que passa a ser um perigo na cidade. 

Assim como os filmes de 007, “Um Bom Dia para Morrer” prospera com bons vilões interpretados pelos desconhecidos Sebastian Koch e Yuliya Snigir. A franquia já está na quinta parte, e parece que estão querendo fazer uma série para o personagem de John McClane virar o novo “James Bond”. Porém, falta elegância e tecnologia para chegar perto do agente mais famoso dos cinemas. Já nos quesitos tiros e explosões, ambos os filmes são parecidos.

O personagem de Bruce Willis está mais maduro e continua repleto de humor-negro. Agora McClane tem outras preocupações: os filhos. O destaque é todo para o seu filho, que pelo visto tem a mesma adrenalina nas veias, assim como o pai. A filha de McClane, interpretada novamente pela atriz Mary Elizabeth Winstead, ganha maior destaque na parte 4, e, neste filme, faz apenas uma participação especial. 

Diálogos e dramas familiares são explorados durante a exibição, nada de muito meloso e exagerado. Pelo contrário, pai e filho se gostam e aceitam suas profissões. Ambos formam uma boa dupla. 


Sim, John McClane é invencível, ou é um mutante com poder de cura. Porque é impressionante, depois de tantos acidentes, explosões, tiros e carros destrocados (e são muitos) ele saí andando em pé, sujo, mas como se nada tivesse acontecido. A quinta parte é tão mirabolante e mentirosa que em algumas cenas você até ri da situação. 

A questão é sempre a mesma: se o filme for um fracasso de público, cairá no esquecimento. Se conseguir atingir lucros nas bilheterias pelo mundo, provavelmente ganhará uma sequência. São os famosos “caça-níqueis”. Foi o que aconteceu com “Busca Implacável 2”. 

O fato é que o filme é uma série que nasceu em 1988, e John McClane tem seus admiradores e fãs. O longa já está na quinta parte, e até o nome foi modificado para tirar essa lógica “filme 1, 2, 3..”. E possui uma característica própria (como acontece em 007).

Acho que a franquia “Duro de Matar” pode parar por aqui, o próximo pode correr o risco de ficar repetitivo. Vale lembrar que é um filme de ação muito barulhento que tem seu público específico. Até uma homenagem ao Brasil acontece em uma cena; ao tocar “garota de Ipanema” em um elevador Russo. Recomendo para quem realmente gosta do gênero.

Avaliação: Regular 




1 comentários:

  1. Gostei do texto. Em particular eu não acho que a franquia queira se aproximar do estilo 007, pelo contrário acho que demonstra bastante o que quer. Eu vou ver esse novo hoje, espero gostar.

    ResponderExcluir

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...