9 de fevereiro de 2013

Fogo Contra Fogo: O longa de ação cai nos clichês dos filmes do gênero


O filme do diretor David Barrett, Fogo Contra Fogo (Fire with Fire), chegou sexta-feira (8/02/2012) aos cinemas de todo Brasil. O longa de ação cai nos clichês dos filmes do gênero e não surpreende em nada.

 No longa, o bombeiro Jeremy (Josh Duhamel) testemunha um crime e colabora com o detetive Mike (Bruce Willis) para encontrar o responsável. Enquanto isso, ele entra em um programa de proteção de testemunhas, já que o agressor foi capaz de identificá-lo. Após uma decisão errada da justiça, o criminoso é liberado, e sua primeira intenção é achar e punir Jeremy pelos problemas que lhe causou. O criminoso vai atrás da oficial Talia Durham (Rosario Dawson), namorada de Jeremy, para tentar mata-lá.

Apesar da agilidade e das cenas de tensão bem produzidas, o filme acaba caindo na mesmice de tantos outros thrillers que estamos acostumados a assistir. Sem nenhuma reviravolta e nada de surpreendente, o longa segue a linha da perseguição invertida, do herói para o vilão. 

Entra em cena então o ator Josh Duhamel, que consegue fugir um pouco do herói estereotipado. –Afinal, ele era um bombeiro e não um matador, ou assassino profissional- e o longa consegue passar esse sentimento através das cenas que mostram a dificuldade do personagem em matar os bandidos. Ele fica com vontade de vomitar, possui dificuldade em atirar, entre outras coisas. O que é legal de explorar, pois não acontece (como em tantos outros filmes) que de repente o protagonista é um exímio lutador e atirador. As habilidades são adquiridas aos poucos pelo protagonista.


Bruce Willis está perdido no filme e sem motivo de estar nele, o seu personagem é extremamente secundário na trama e está envolto de um passado que mistura uma vingança pessoal junto ao vilão do longa, numa história também não bem explorada e apenas superficial. O grande astro fica de escanteio em cenas totalmente desnecessárias.

A atriz Rosario Dawson exerce bem o seu papel de tira e protagoniza boas cenas de ação ao lado de Josh Duhamel. O rapper 50 Cent faz uma pequena participação sem muitas falas. O desfecho é previsível e esperado, sem graça nenhuma. Faltou duração (o filme dura 1h30 mais ou menos) e um roteiro melhor elaborado para “Fogo Contra Fogo”. O longa é tão previsível que acaba tornando-se apenas mais um filme de ação que logo será esquecido e reprisado na televisão.

Avaliação: Regular 




0 comentários:

Postar um comentário

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...