1 de fevereiro de 2013

Hora de pegar um bandidão


Recheado de clichês de filmes policiais, Caça aos Gângsteres aborda com competência cada um deles


O diretor é o mesmo de Zumbilândia (Ruben Fleischer), os atores são Sean Penn, Ryan Gosling, Josh Brolin, Emma Stone e Giovanni Ribisi. O ano é 1949, a cidade é Los Angeles e essa é uma história real. Com esses elementos, era de se esperar que Caça aos Gângsteres (Gangster Squad), que estreia hoje no Brasil, fosse um filme de arrasar.

Numa terra meio sem lei, o dono do mundo é o mafioso Mickey Cohen (Penn), um gângster que veio lá de Nova York para dominar Los Angeles. Mau caráter, poderoso, controlador e expansionista, Mickey Cohen faz questão de mostrar para todo e qualquer gângster, de qualquer outro lugar, que LA é dele, e que não há uma alma sequer que não possa ser comprada.

Realmente, ele tem controle sobre tudo o que acontece na cidade, sobre todos os departamentos, órgãos públicos, e empresas. Todos respondem a ele e os próprios funcionários na máfia pagam caro por erros cometidos. Mickey Cohen por si só já é um grande clichê de filmes policiais sobre os anos 40: um grande gângster malvado, inteligente, culto e até mesmo cheio de fé.

Los Angeles foi tomada pelo crime, pelas drogas, pela prostituição e por bandidos fugidos principalmente de Chicago e Nova York. Agora me diga, como limpar uma cidade de seus cidadãos podres quando ninguém tem autonomia para dar prejuízo ao grande chefe do lugar? Jornalistas, policiais, advogados, todos têm medo de Mickey Cohen e fazem o impossível para sobreviverem a ele.

Mas nem todos são corruptos assim. O mundo é feito de exceções e, sem elas, não existiram mudanças. O sargento John O’Mara (Brolin) é escalado pelo chefe de polícia para limpar as ruas de LA, com o seguinte porém: ele deve deixar o distintivo de lado. Sem distintivo, ele não é um policial, e se ele não é um policial, ele não deve nada a ninguém, e não precisa prender ou fornecer os devidos direitos a quem ele prende, ele pode simplesmente matar.

Para a atividade, ele precisará montar uma equipe, um pequeno esquadrão formado por policiais honestos, que possuem habilidades únicas, como o pistoleiro Max Kennard (Robert Patrick) e o especialistas em escutas da inteligência do exército Conwell Keeler (Giovanni Ribisi).

O bonitão Ryan Gosling interpreta o sargento Jerry Wooters, que faz o tipo conformado, mas que, diante do avanço dos mafiosos, decide lutar ao lado do esquadrão contra um sistema corrompido. A motivação de Jerry, no entanto, é outra: Grace Faraday (Stone), a sensual namorada do chefão do crime, com quem ele se envolve.

É claro que para um filme policial do estilo dar certo, é preciso muita violência. Se no começo do longa você se admira com a brutalidade de Mickey Cohen, ao longo do filme é possível questionar se ele é tão diferente assim do esquadrão. Com a equipe formada, faz-se cumprir o ideal de que bandido bom é bandido morto. São as muitas as cenas de adrenalina total, muita ação, muito tiroteio, muita destruição e até mesmo uma participação especial de Carmem Miranda que fazem do filme uma boa pedida para quem gosta de coisas agitadas.


Com relação aos clichês, não faço uma crítica negativa. Acho que foram muito bem empregados, muitas vezes como referências a outros filmes do gênero, como Los Angeles: Cidade Proibida, Inimigos Públicos, e os clássicos Chinatown e Os Intocáveis. Podemos perceber que temos um gângster malvado (Penn), um detetive durão e incorruptível (Brolin), um detetive Don Juan (Gosling) que se apaixonará pela femme fatale de bom coração (Stone), que já pertence ao vilão principal.

Ryan Gosling apresenta uma interpretação de ouro no papel de Jerry Wooters. Um sotaque diferente e uma voz totalmente irreconhecível fizeram do galã ainda mais irresistível. Dou créditos também à Mireille Enos, que interpreta a esperta esposa grávida do sargento O’Mara. Diferente da maioria das mulheres de policias, ele apoia o maridão na nova missão. Claro que teme pela segurança do sargento e quer o marido vivo em casa toda noite para o jantar, mas ela não fecha os olhos para a profissão dele, e isso é muito moderno pra época. Ela inclusive escolhe os membros do esquadrão gângster um a um, dando ideias ao marido. Bem legal.


No meio do ano passado, Caça aos Gângsteres se tornou conhecido por ter sido adiado em quase seis meses. Em julho de 2012, durante uma sessão de pré-estreia do filme Batman O Cavaleiro das Trevas Ressurge, um atirador maníaco entrou numa sala de cinema no Colorado e fuzilou várias pessoas que assistiam ao filme. Doze pessoas morreram e a produção do filme decidiu adiar seu lançamento pois havia uma cena em que o esquadrão atirava contra o público de um cinema. A sequência era importante para a história, e não poderia ser simplesmente retirada, pois causaria a necessidade de mudanças de muitas outras partes. Até no trailer essa cena aparecia, e sua exibição foi cancelada logo no dia do atentado. Essa parte foi então trocada por outra sequência, em homenagem às vítimas de um louco cujo nome nem merece sem novamente publicado.


0 comentários:

Postar um comentário

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...