12 de abril de 2013

Crítica: Chamada de emergência é um filme para quem gosta de suspense



O novo filme do diretor Brad Anderson (O Operário) é um thriller angustiante de baixo orçamento que não deixa de lado os clichês de filmes do gênero.  

O longa narra a história de uma operadora de emergência, Jordan Turner (Halle Berry) que é obrigada a confrontar um assassino e relembrar seu passado, tentando salvar a vida de uma jovem garota (Abigail Breslin) que está em domínio de um psicopata. 

O suspense é presente o tempo inteiro no filme, em cenas realmente angustiantes, que fazem com que os espectadores sintam o desespero dos personagens e a tensão da próxima cena. O diretor abusa de ângulos fechado no rosto dos atores e de cenas que mexem com o psicológico. É interessante observar como age um serviço de emergência 911, o treinamento desses profissionais requer algo maior do que apenas informações dadas ao telefone, mas também um bom preparo psicológico para saber lidar com os diversos tipos de situações. 

As boas atuações, principalmente dos protagonistas; Halle Berry, Abigail Breslin (a Pequena Miss Sunshine, agora crescida) e do vilão Michael Eklund, também são acertos na trama. Porém, o filme não consegue fugir daquelas famosas cenas presentes em milhares de outros longas do mesmo gênero. Cenas de sustos esperadas que mesmo sem findar, já sabemos exatamente como termina.  

Até o meio do filme a trama é envolvente a tensão permanece o tempo inteiro presente. O espectador vai junto com os personagens tentando achar saídas e imaginando um possível desfecho para a história. É quando situações um tanto mirabolantes começam a acontecer. Como, por exemplo, as atrapalhadas do psicopata que no meio da rua, e em plena luz do dia começa a matar pessoas sem dano algum e sem que ninguém veja. 

A história do passado e do motivo da loucura do assassino, o fetiche por matar meninas de idade e características físicas parecidas, é abordado por alto, numa explicação mais clara na cena em que a personagem de Halle Berry vasculha fotos do psicopata. O mesmo acontece com o passado de Jordan, que é explorado apenas em pequenos momentos nas lembranças perturbadoras dela. O desfecho é dúbio e decepcionante. 

Chamada de emergência é um filme-diversão, para quem gosta do gênero suspense. Sem reviravoltas e novidades, com pontos positivos e negativos. 

Avaliação: Regular





1 comentários:

  1. Jorge, curti muito seu post! Fiquei curiosa para ver esse filme....mas não sei se daria nota regular...ahahahaha

    ResponderExcluir

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...