19 de abril de 2013

Crítica: “O Acordo” entra na lista dos meus melhores filmes de ação



O novo filme do diretor Ric Roman Waugh (60 Segundos, O Corvo) passa pelo suspense, mas acaba se firmando como um ótimo filme de ação com roteiro bem produzido e não cansativo. O longa é baseado em uma história verídica. 

O filme narra a história de um adolescente que é preso injustamente por um crime que não cometeu e após ser julgado, acaba sendo condenado há 10 anos de prisão. Desesperado, seu pai John Matthews (Dwayne Johnson) está disposto a qualquer acordo para livrá-lo da cadeia é quando recebe a proposta de uma promotora federal (Susan Sarandon) para que trabalhe como agente infiltrado em uma operação em andamento que tem por meta capturar um poderoso chefão das drogas (Benjamin Bratt).

Classificado como suspense o longa  acaba tornando-se um thriller de ação competente graças a um tema envolvente e discutível. O elenco é outro grande trunfo do filme, a começar pelo protagonista, Dwayne Johnson, o famoso “The Rock”, num papel que lhe caiu como uma luva. Ao mesmo tempo que, pelo seu tipo físico, o ator se mostra invencível e durão, no longa, ele se apresenta como um cara comum, trabalhador e um exemplar pai de família. 

“The Rock” não esta caricato como aquele cara “invencível” dos filmes de ação que nunca apanha e saí atirando em todo mundo. Pelo contrário, em “O Acordo” vemos muitas vezes o grandão se desmoronar em lágrimas. 

Susan Sarandon interpreta uma carrancuda promotora envolvida com a política. Benjamin Bratt é um temido chefão da máfia e Melina Kanakaredes é Sylvie Collins a desesperada mãe do garoto. No filme o personagem de “The Rock” tem dois filhos, o que esta preso e uma filha de 6 anos do novo relacionamento. 


É interessante acompanhar o desespero e a tensão das situações que o protagonista se envolve para tentar livrar o filho da cadeia e sabendo que o rapaz está sofrendo agressões,John Matthews, busca uma alternativa arriscada e aí entra o seu parceiro, que é um mero funcionário da empresa que John comanda do ramo de cargas e transportes. O ator Jon Bernthal interpreta Daniel James, um funcionário com a ficha suja que está tentando recomeçar sua vida com dignidade e apoio de sua família. 

A partir daí as duas histórias são exploradas dentro do filme tanto o drama de John em tentar convencer Daniel num arriscado plano, quanto a vida do próprio Daniel que está tentado com a oferta de grana oferecida. Porém teme a sua segurança e de sua família e então um dilema é posto em cheque: “Vale a pena arriscar a vida do meu filho para ajudar seu chefe a salvar a vida do filho dele?”


Com desfecho realmente digno em  valores éticos e pessoais dos personagens fugindo dos tradicionais clichês dos filmes do gênero (como por exemplo Duro de Matar 5), onde só é visto destruição e fugas mirabolantes. “O Acordo” não decepciona por não faltar ação, nem história e até um certo drama emocional familiar, que é válido dentro da longa. Com o fim do filme, uma pergunta fica no ar: Até onde um pai iria e o que arriscaria para salvar a vida de seu filho?  

“O Acordo” entra na lista dos meus melhores filmes DE AÇÃO. Recomendo para quem gosta do gênero.

Avaliação: Ótimo




0 comentários:

Postar um comentário

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...