29 de setembro de 2013

Do outro lado da sua cerca

Weheartit 
Você acorda com o despertador tocando a sua música favorita da semana, que você mal houve antes de desligar. São seis horas da manhã e você se arrasta para fora da cama. O dia mal amanheceu ainda, e você sabe que terá um dia cheio e longo pela frente, e só voltará para sua cama próximo da meia noite.
A luz do banheiro não mente: um de seus olhos está mais inchado que o outro, há restos de rímel em seu nariz porque você não tirou a maquiagem direito na noite anterior. Sua franja está em ângulos estranhos. Alias, o cabelo todo está estranho.  Quando vai se vestir, você não consegue suportar a ideia de passar o dia todo presa em uma calça jeans, e acaba vestido uma dessas calças molinhas de tecido que não pega em lugar nenhum. Camiseta confortável, tentou salvar o cabelo com uma chapinha e acabou prendendo, e enfim, mais um dia começa.

Chegando em qualquer lugar que você tenha que ir, você vai encontra-las. Aquelas pessoas que estão com o mesmo cabelo perfeito todo o dia, que se vestem naturalmente bem. Você não parece conseguir encontrar tempo o suficiente para ver seu namorado, mas essas pessoas parecem ter tempo para o namorado, para a família, para os amigos, para as obrigações... Elas até mesmo conseguem permanecer acordadas após uma madrugada inteira na festa, e você, se a insônia bate e o sono atrasa duas ou três horas, no dia seguinte está funcionando apenas pela metade.

Quando nos encontramos em situações difíceis, tudo parece bem melhor quando olhamos para a vida dos outros. Colocamos uma janela mágica para espiar a grama dos outros, e ela está sempre viva, sempre verde. Mas você não estava lá para ver, ou melhor, preferiu ignorar, que essa pessoa também teve trabalho para manter a grama verde. Você não está lá com as “pessoas perfeitas” quando elas acordam com a maquiagem borrada.

Sempre bate aquela duvida: mas essas pessoas tem esse tipo de problema? Tem gente para quem a vida parece tão fácil. Tão leve.Tenho para mim, como regra, que a vida de ninguém é fácil.  Na verdade, é uma questão de escolha de como encarar as coisas. Ficar desejando uma vida falsa que você cria para alguém, ou olhar para dentro de si mesmo e achar as coisas boas que você pode encontrar na sua vida. Ninguém acorda milagrosamente penteado.

Vivemos numa época que contribui para olharmos a nossas próprias vidas com um olhar mais critico. De um lado, filmes e livros vendem histórias com pessoas que sempre tem aquele final feliz, que tem vidas cheias de sentido, que vivem cercadas de pessoas especiais. Pulam a rotina, as coisas chatas que tudo na vida tem. E a gente fica se sentindo esquisito porque tem uma vida cheia de coisas chatas. Mas já não é nem mais tão distante assim – no facebook, no instragram, as pessoas publicam versões editadas da própria vida, e querendo ou não, acabamos afetados por isso achando que tem algo de errado com nossas próprias vidas porque é sábado, nove horas da noite, e tudo que você quer é sua cama. Foi uma semana cansativa.
É mais fácil acreditar que as coisas além da sua cerca são melhores.

Olhar para a grama do vizinho e ver como você é um grande injustiçado por tudo. Somos terríveis em julgar a vida dos outros, achando que estamos perdendo em todas situações. Criamos vidas imaginadas para as outras pessoas. Perguntamos porque conosco é diferente. Que é que deu errado que não tiramos esse bilhete premiado da felicidade.

Lembre-se: não adianta perseguir as borboletas. Temos que cuidar de nossos jardins para elas virem. E olhando para o jardim do vizinho, nunca conseguiremos isso.



Daniela Mendes, 20 anos, futura médica. Seu maior sonho sempre foi cursar medicina. Coleciona sapatilhas e esmaltes, e é apaixonada por livros, seriados, culinária e gatos.

3 comentários:

  1. Adorei seu texto, principalmente da forma como escreveu. Acredito que se eu for ler daqui um mês continuará tão atual... É necessário sempre lembrar que "ninguém acorda milagrosamente penteado". Bj

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto. Infelizmente temos esse habito de imaginar que a vida de todos é melhor do que a nossa. Como vc mesma citou no texto, as pessoas editam suas vidas no instagram e afins e mais ainda pensamos que a nossa está desandando cada vez mais. Constantemente sinto isso e tento lutar para não sentir.

    ResponderExcluir
  3. Texto muito bem escrito..
    Não devemos julgar ninguem, o unico julgador é Deus !!

    ResponderExcluir

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...