23 de novembro de 2013

Filme -3096 Dias- mostra o horror vivido por Natascha Kampusch

Falar de uma história que nós conhecemos apenas pela mídia sempre é muito difícil. Em 1998 eu tinha apenas 8 anos de idade mas com certeza meus pais lembram até hoje desse horrível sequestro que ocorreu na Áustria e foi repercutido por vários anos. Natascha Kampusch é uma figura pública hoje em dia e não porque ela é famosa ou popular mas sim porque ela foi vítima de um dos crimes mais horríveis de todos os tempos. Em 1998 a menina com então, oito anos foi raptada por Wolfgang Přiklopil onde ficou presa em um porão da casa do sequestrador por 10 anos. 


"Estava claro, só um de nós sobreviveria. E no fim, fui eu. Não ele - Natascha Kampusch "
Quando soube do lançamento do livro, escrito pela propiá vitima, Natascha, eu realmente não quis lê-lo. Não porque eu duvidasse de que o livro fosse bom mas com certeza existe uma carga emocional muito grande e uma história muito macabra que não gostaria de ler, porém "3096 Dias" publicado no Brasil pela editora VERUS sempre me chamou atenção e eu no fundo, no fundo, sempre quis lê-lo. Não li. Mas ontem consegui ver o filme que foi adaptado do livro e  tenho certeza que o longa consegui transmitir um pouco dessa história.


Sobre a história: 
Natascha  foi raptada quando tinha apenas 10 anos  a caminho da escola por um engenheiro chamado Wolfgang Priklopil. O maniaco mantéu Natascha em um quarto subterrâneo, de 6m² - um porão- que ficava em sua garagem durante toda sua  adolescência e juventude. A jovem chegou a apanhar mais de 200 vezes em um só dia e sofria abusos constantes.

Eu gostei muito do longa e fiquei surpreendida com a  história de Natascha- até porque na época do caso eu tinha apenas 8 anos e não me lembrava da história- com certeza o livro - escrito por Natascha- deve ser melhor que o filme mas não vejo uma outra forma de atuação para tudo o que essa garota passou em algum outro filme se não esse. Para vocês terem uma ideia a  diretora  do longa é Sherry Horman- Flores do Deserto- 2006- ela é americana e a história real é austríaca mas foram produtores alemães  Bernd Eichinger e Martin Moszkowicz, que compraram os direitos da história. Para se ter uma ideia de como o projeto era difícil o produtor Eichinger  teve que convencer a diretora americana Sherry Hormann a assumir o longa.

Para vocês terem ideia o longa teve algumas cenas filmadas no porão onde Natascha vivia! O filme não tem previsão de estreia no Brasil- infelizmente- mas foi gravado todo em inglês. Muitas cenas me emocionaram. Em diversas cenas quando Natascha  ainda é pequena vemos que ela colocava um vestido sobre duas cadeiras  e "ensinava" os alunos a ler. E em outas ela mesma se entrevistava - como se ela estivesse em um programa de TV-onde se perguntava como escaparia do sequestrador. Quem interpretou Nastacha foi a atriz Antonia Campbell-Hughes (Albert Nobbes) e o ator  que interpretou Wolfgang Přiklopil foi Thure Lindhardt (Flame & Citron - Os Resistentes).  
Trailer do longa:

Pesquisando sobre a história muitas coisas ainda não se sabe. Há quem diga que Natascha desenvolveu um relacionamento afetuoso com o criminoso já que ele era a única figura que ela ficou conheceu durante muitos anos mas ninguém sabe.

Natascha Kampusch, Antonia Campbell-Hughes - no longa interpreta Natascha quando crianças e a atriz Amelie Pidgeon que interpreta Natascha jovem na premier do filme 3096  Dias






2 comentários:

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...