31 de dezembro de 2013

Os 5 livros mais legais de 2013!

Mais um ano que termina e como ávidos leitores sempre imaginamos: "Afinal, quais foram os melhores que eu li esse ano?". Sendo sincera com todos vocês acho que 2013 foi o ano que menos li e acreditem não foi exatamente por falta de tempo mas sim por falta de vontade mesmo. Sabem o que vivem dizendo...a bendita ressaca literária acabou me atacando e eu acabei que li muitos livros- apesar da vontade- mas não terminada- não me perguntem porque- mas de setembro para novembro eu li muito!

Essa lista dos 5 livros mais legais de 2013- é minha lista pessoal- por isso se vocês ainda não leram nenhuma dessas indicações não se preocupem, afinal de contas 2014 está chegando não é? Agora, curtam a lista e falem para mim se vocês já leram algum desses!

    A Ilha dos Dissidentes
    Ser levada para  uma cidade especial não estava nos planos de Sybil. Tudo o que ela mais queria era sair de Kali, zona paupérrima da guerra entre a União e o Império do Sol, e não precisar entrar para o exército. Mas ela nunca imaginou que pudesse ser um dos anômalos, um grupo especial de pessoas com mutações genéticas que os fazia ter habilidades sobre-humanas inacreditáveis. Como única sobrevivente de um naufrágio, ela agora irá se juntar a uma família adotiva na maior cidade de mutantes do continente e precisará se adaptar a uma nova realidade. E logo aprenderá que ser diferente pode ser ainda mais difícil que viver em um mundo em guerra.

    Esse foi um dos livros que mais gostei em 2013. Ainda não postei nenhuma resenha sobre ele aqui no Coffee and Movies porque irei gravar um vídeo para falar mais um pouco sobre. 


       Os Últimos dias dos Romanov

    Na madrugada de 17 de julho de 1918, a família imperial russa é acordada às pressas e levada ao porão da casa Ipatiev, sua prisão em Ecaterimburgo. Em primeiro seguia o czar Nicolau II, com o filho Alexei no colo. Vinte e três degraus, um para cada ano de seu desastroso reinado, o separavam do destino coletivo da família. No abafado cômodo, um dos mais famosos e brutais assassinatos políticos da história ganharia contornos de um cruel banho de sangue. Após quase duas semanas aprisionado na industrial e bolchevique cidade dos Urais, Nicolau Alexandrovich Romanov se tornaria o último czar de todas as Rússias. Mas como teriam sido os últimos momentos da família? Apesar dos aspectos gerais do reinado de Nicolau serem conhecidos, pouco se sabe sobre esses seus dias finais. Desde o princípio distorcidos por uma rede sistemática de mentiras, confusões, lapsos e desinformações oficiais. Especialista em história russa, Helen Rappaport disseca os quatorze dias da prisão domiciliar dos Romanov: tanto o clima claustrofóbico no interior de Ipatiev— o homem que um dia governara 22 milhões de metros quadrados reinava sobre um único aposento — quanto as manobras políticas de seus aliados e inimigos. As janelas pintadas de branco e uma alta paliçada impediam o contato com o mundo exterior. Jornais e a troca de cartas eram proibidos. Com acesso ao depoimento de várias testemunhas-chave, Helen revela o papel de Lênin na execução. Mostra, ainda, como os Romanov e seus carcereiros desenvolveram uma relação complexa. Alguns achavam difícil associar o rosto dócil de Nicolau, e de suas lindas filhas, com o que a propaganda bolchevique lhes havia incutido. Jovens soldados não resistiram ao charme das grã-duquesas russas em flertes que preocuparam a czarina. Peões indefesos de um jogo político que não levava em conta seu destino como pessoas, apenas como participantes de acontecimentos políticos maiores, os Romanov chegaram ao fim despidos de todo a pompa. A cada dia mais unidos e resignados, extremamente religiosos, morreram como uma família. Seu assassinato, o início de uma orgia de terror e represálias sangrentas que caracterizaria a guerra civil russa.

    Esse livro eu li no começo do livro e adorei. Para mim- pelo menos até agora- é um dos livros mais legais que falam sobre a história da família Romanov publicado no Brasil. Já falei sobre ele aqui no Coffee and Movies (veja) ...até gravei um vídeo mas achei que o vídeo ficou muito ruim- sério, ficou ahahaha- por isso em 2014 gravarei outro vídeo. =)


      Fator Nerd
      Audaciosamente indo aonde nenhum homem jamais esteve. Principalmente se o terreno inexplorado for a linda gótica transferida para a escola de Archie. Aos 14 anos, tudo o que esse nerd assumido quer é transcender. Leia-se abandonar as sextas-feiras perdidas em Noites de Jogo com os amigos Ravi, Beggs e Matt e se entregar aos prazeres mais mundanos com Sarah. Mas há alguns orcs o separando de seu Um Anel. E, pelo visto, nenhum inseto radioativo está disponível para transformá-lo num super-herói. Arch pode contar apenas com seu MI e seu ME. O problema é que seu Monólogo Interior é seu maior crítico, enquanto seu Monólogo Exterior apenas bombeia sangue para seu rosto e bloqueia todos os sistemas diante de uma ameaça Klingon. Quando o problema é o Darth de plantão, Jason Humphries... não há Yoda que resista. E o cara parece ter decidido que Sarah será a Jane de seu Thor, a Lorelei de seu Namor ou, quem sabe, a Mary Jane de seu Aranha. Então, Archie resolve trazer para a vida real suas habilidades como Mestre de RPG. E transformar a própria realidade. Com ajuda de muitos livros e um ego reformulado! Tudo bem... Talvez seu novo Eu Psíquico tenha um estranho sotaque americano e queira comungar com o Universo, seu padrasto seja um Imbecil de marca maior, seus únicos amigos se recusem a acompanhá-lo nessa jornada de autoconhecimento e suas noites sejam atacadas por um estranho e recorrente Sonho. Mas ele vai conseguir! Afinal, nas palavras mais bela das elfas, "até mesmo a menor das criaturas pode mudar o curso do destino". 

      Fator Nerd foi uma surpresa para mim esse ano. Fiquei apaixonada- literalmente pela capa do livro- e pedi para enviarem para resenhar aqui ( leia) no blog.  Por sinal, o autor do livro Andy Robb até comentou na resenha do livro aqui no Coffee and Movies. 

      A Culpa é das Estrelas

      A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

      Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.

      Então, eu ainda não terminei esse livro- faltam algumas páginas- mas por enquanto estou adorando!
      1 Litro de Lágrimas

      No ano de 1962, nascia no Japão a garota Aya Kito. Ela tinha uma vida comum, até que na adolescência descobre que possui uma doença incurável. A Degeneração Espinocerebelar é uma doença que faz a pessoa 'quebrar' aos poucos, atrofiando o cérebro e tirando a capacidade de se equilibrar, de andar e, depois de um tempo, até de falar. A doença não possui cura, mas é possível fazer um tratamento para retardar os sintomas da doença. A mãe de Aya, sugere que ela escreva um diário para o médico saber como estava o cotidiano dela e ver o quanto a doença afetava a vida da garota, mas Aya, foi além, ela começou a colocar seus pensamentos, o que a consternava e o que pensava e sonhava para o futuro. Haveria um futuro para ela? O diário de Aya foi publicado no Japão originalmente para a comunidade que possui problemas físicos, mas a história dramática da garota transformou o livro em algo atrativo para todos. O livro foi publicado em 1986, e Aya, tinha apenas 23 anos de idade, mas já não conseguia escrever e falava com a ajuda de uma pequena tabuleta que continha todas as letras do alfabeto japonês.

      Essa edição que li do livro Um Litro de Lágrimas é o mangá. Eu comprei há algum tempo e só fui terminar de lê-lo esse ano. A história é baseada em fatos reais e é muito linda!

      Gostaram das sugestões? 

      0 comentários:

      Postar um comentário

      Olá queridos leitores e leitoras!
      Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
      Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
      Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
      - Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
      -Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
      - Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

      Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

      Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...