16 de fevereiro de 2014

12 Anos de Escravidão- filme sensacional, denso, emocionante e doloroso


O novo projeto do diretor Steve McQueen, “12 anos de escravidão”, é a triste história real de um homem livre, que volta a ser escravizado injustamente e retoma todo o pesadelo que era a escravidão. O longa é um drama convincente e repleto de atuações marcantes. Um dos favoritos para melhor filme ao Oscar deste ano.

Sinopse: Esta história, baseada em fatos reais, apresenta Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), um escravo liberto que é sequestrado em 1841 e forçado por um proprietário de escravos (Michael Fassbender) a trabalhar em uma plantação, na região de Louisiana, nos Estados Unidos. Ele é resgatado apenas doze anos mais tarde, por um advogado (Brad Pitt).

O filme é extraordinário e retrata muito bem a realidade da época onde os negros eram tratados como mercadorias e escravizados da pior maneira possível. Onde a injustiça era tão grande, que, muitas vezes, o conforto vinha através de escravos desconhecidos, que estavam passando por tudo aquilo, ou através da música. O diretor segue a ordem cronológica na trama, mas usa de flashbacks para explicar a história de algum personagem ou alguma passagem na vida de Solomon.


As cenas são fortes, reais, repugnantes e angustiantes. O protagonista Chiwetel Ejiofor (que também é indicado ao Oscar de melhor ator pelo filme) consegue transpor na tela toda a angustia, ansiedade e o medo de seu personagem injustiçado em meio a uma dura realidade que estava vivendo. A atriz Lupita Nyong'o (que está concorrendo ao Oscar de melhor atriz coadjuvante) está nas cenas mais dramáticas e é responsável por fazer se ouvir tantos soluços de choro na sala de cinema. A atriz está muito bem na pela da escrava favorita do patrão (interpretado por Michael Fassbender) e, que por isso, tem toda a raiva e maldade da esposa dele. 

Michael Fassbender (este é o terceiro filme do diretor Steve McQueen com o ator, depois de “Hunger” e “Shame”) esta perverso e louco, o ator mais uma vez dá um show de interpretação e também é um dos favoritos a coadjuvante no Oscar. Já Brad Pitt faz uma participação especial de um personagem maduro e esclarecido, com ideias a frente de seu tempo e sem preconceitos, que é de fundamental importância na trama e na vida de Solomon. 

Desde a concepção do roteiro até as atuações magníficas, ótima fotografia e trilha sonora, o longa é grandioso não só por exibir uma dura realidade vivida pelos negros, o que já é parte da história, mas também por mostrar o fato de submissão involuntária a situações às quais o personagem é obrigado a passar e viver preso a preconceitos e a manias culturais condenáveis. O filme é completamente atemporal nesse sentido, basta observar quantas injustiças existem ao nosso redor. 

Por fim, tenho a dizer que “12 Anos de Escravidão”- embora seja um filme triste e difícil de assistir - é um presente aos cinéfilos por não apelar para melodramas baratos (fugindo do clichê por ser uma história revoltante, mas extremamente necessária), um misto de emoção, raiva e dor. Com certeza é o meu favorito ao Oscar!

Termino com uma frase dita por Solomon durante o filme “Eu não quero apenas sobreviver, eu quero viver". O filme estreia no dia 21/02 nos cinemas. 

Avaliação: Excelente 




2 comentários:

  1. Putz, já estava a fim de ver, depois dessa resenha então! Tá concorrendo em várias categorias do Oscar, queria ver antes da premiação.
    Bjs
    http://www.doceilusao.com/

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Katy! Assista que vale muito a pena. grande bjo

    ResponderExcluir

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...