29 de maio de 2014

No Limite do Amanhã- ritmo frenético, referências a outros filmes e personagens marcantes


Chega aos cinemas nesta quinta-feira (29) o novo filme de ficção do diretor Doug Liman (Jogo de Poder), “No Limite do Amanhã”. O longa, protagonizado por Tom Cruise e Emily Blunt, firma-se não só como um filme de ação convincente, mas como um quebra-cabeça de ritmo frenético, cheio de referências a outros filmes e personagens marcantes. 

Sinopse: Quando a Terra é tomada por alienígenas, Bill Cage (Tom Cruise) é obrigado a juntar-se às Forças Armadas e ir para a linha de frente no dia do confronto final. Inexplicavelmente ele acaba preso no tempo, condenado a reviver esta data repetidamente. A cada morte e renascimento, Cage adquire mais conhecimento,e, antecipando os acontecimentos, tem a chance de mudar o curso da batalha com o apoio da guerreira Rita Vrataski (Emily Blunt).


O roteiro ágil faz com que o filme flua sem esforços. Todo o alivio cômico é presente durante o longa, principalmente nas cenas em que Tom Cruise vive seus devaneios da volta ao tempo. No início, somos apresentados a toda uma sequência da rotina do personagem até sua a primeira morte. A partir de então, em uma cena qualquer, somos instigados a tentar adivinhar se aquela situação era algo já vivida pelo herói, ou se era tudo novo. O filme funciona muito bem quando se fala de ação e ficção, as cenas são dinâmicas e recheadas de tiros e explosões. Mais do que isso há também na película referências a outros filmes com temáticas variadas como; Alien, Matrix, O Feitiço do Tempo, Efeito Borboleta e Independence Day . 

Tom Cruise está a vontade na pele do Major Cage, o herói quase imortal um papel que o veterano ator executa com toda maestria desde muito tempo. Mas o grande destaque é com certeza Emily Blunt que já é conhecida de filmes de ação –vide Looper e Os Agentes do Destino- e no filme consegue se impor como uma personagem feminina forte sem fraquezas e pronta para ir na frete, se for preciso. A personagem de Emily acaba trazendo em si referências de algumas grandes heroínas cinematográficas, como por exemplo; Sara Connor de o Exterminador do Futuro 2 ou a Tenente Ellen Ripley, imortalizada por Sigourney Weaver na série Alien. Completam o elenco: Bill Paxton como Master Sergeant Farell e Brendan Gleeson como o General Brigham. 


O desfecho dúbio pode deixar muita gente irritada porém nada que estrague toda ação e o entretenimento apresentado nas sequências.  O filme faz jus titulo original (Edge of Tomorrow, que parece nome de jogo) fazendo parecer que estamos dentro de um videogame, tentando descobrir os melhores meios de vencer aquele desafio para passar a próxima fase com mérito e tentar zerar o jogo. 

Recomendo para que gosta do gênero e para quem curte blockbusters. 

Avaliação: Bom



0 comentários:

Postar um comentário

Olá queridos leitores e leitoras!
Que bom que gostaram do post! Responderemos assim que pudermos.
Continuem comentando a opinião de vocês, porque é isso que faz o Coffee and Movies crescer e sempre melhorar.
Gostaríamos apenas que vocês seguissem algumas regrinhas legais para manter tudo em ordem:
- Não postem comentários anônimos. Esse tipo de comentário não será divulgado e nem respondido. Temos o maior prazer em sempre responder às suas mensagens e é importante então podermos saber quem são vocês. Além de estreitar nossas relações, não é mesmo?
-Tem interesse em divulgar o seu trabalho aqui no nosso espaço? Envie uma mensagem para Contato e especifique que se trata de publicidade e/ou parceria, para assim fazermos uma negociação.
- Saibam que todos os comentários postados aqui são moderados pela autora do blog, e ela não aceitará, em nenhum motivo, comentários machistas, preconceituosos, desrespeitosos ou difamações.

Obrigada por colaborar com o Coffee and Movies!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...